Casa Blindada

A Casa Blindada é um grupo paulista, formado em 1999. A primeira exposição chamada “A Casa Blindada” aconteceu em março de 2000, e deu nome ao grupo. Os fundadores: Eva Castiel, Fanny Feigenson, Graciela Rodriguez, André Balbi, Chris Apovian, Sheila Dryzun e Sheila Mann Hara. O grupo se desfez em 2008, após realização e participação em vários projetos.

A proposta do grupo foi pensar questões pertinentes à problemática urbana, especialmente o espaço físico e sociocultural da cidade de São Paulo. Os projetos foram realizados a partir de pesquisa e documentação com uma reflexão e um procedimento estético provenientes da discussão em grupo. As intervenções interagem com o espaço real e com as mídias utilizadas pela comunicação de massa – vídeos, outdoors, jornais, panfletos, cartazes, televisão, internet e games – entre outros.

A reflexão do grupo era voltada para as novas condições espaciais que surgiam a partir da arquitetura – condição estática – e dos fluxos – condição fluida e temporal- através dos deslocamentos e do mundo da informação.

Dando seguimento ao trabalho de intervenção urbana em áreas abandonadas da cidade de São Paulo, o grupo casa blindada realizou o projeto “Lord Palace Hotel”, que contou com vários artistas em um hotel no centro da cidade prestes a ser desativado. O projeto de ocupação dos quartos dos hóspedes e do lobby resultou num projeto que chamou a atenção da mídia sobre o desmoronamento e desintegração dos espaços públicos na cidade.