Links

Centro de Cultura Judaica

Espaço de referência e convivência, aberto ao público e que oferece regularmente eventos gratuitos de música, teatro, cinema, literatura, artes plásticas, fotografia, dança e educação. Difunde o patrimônio cultural judaico e suas raízes, a cultura de paz, a coexistência e o respeito entre os povos através de atividades que promovam interatividade, reflexão e aceitação entre as diferentes culturas.

Centro Cultural da Juventude – Ruth Cardoso

Inaugurado em 27 de março de 2006, o Centro Cultural da Juventude – CCJ, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura, é o maior centro público dedicado aos interesses da juventude paulistana. São 8.000 metros quadrados de arquitetura moderna e arejada, reunindo biblioteca, anfiteatro, teatro de arena, sala de projetos, Internet Livre em banda larga, laboratório de idiomas, laboratório de pesquisas, estúdio para gravações musicais, ilhas de edição de vídeo e de áudio, ateliê de artes plásticas, sala de oficinas e galeria para exposições, além de uma ampla área de convivência.

Paço das Artes

Situado em um prédio de arquitetura modernista em meio à Cidade Universitária, o Paço das Artes – ligado à Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – foi criado em março de 1970, com o intuito de organizar e manter exposições de arte; promover conferências, cursos, palestras e audições; divulgar os assuntos ligados à área de sua especialidade e promover intercâmbios.

Pinacoteca do Estado

Uma das responsabilidades fundamentais do museu de arte na atualidade é educar o olhar e sensibilizar o espírito, criando as condições indispensáveis para o exercício completo da cidadania. Mas a grande tarefa do museu contemporâneo, nesta era virtual, é ainda, reafirmar a individualidade, o espiritual, o homem como agente criador, único e insubstituível. É para enfrentar este desafio que a Pinacoteca do Estado se repensa e se amplia incessantemente, preservando o passado e acolhendo o futuro.

Daniel Barenboim

Judeu de descendência russa, nascido em Buenos Aires, Daniel Barenboim é a autoridade musical responsável pela criação da orquestra Divã Ocidental-Oriental. Integrada tanto por músicos árabes quanto judeus, a orquestra regida por Barenboim já se apresentou em inúmeros lugares da Europa, América do Norte e do Sul assim como em Israel e no Ramallah.

Ferran Adriá

Famoso chef catalão dono do restaurante El Bulli, fundado 1964, Ferran Adriá , um dos maiores expoentes da gastronomia molecular, aperfeiçoando receitas em seu laboratório/oficina.
Em 2007, Adriá foi convidado a participar da 12ª Documenta, na qual preparou um jantar empregando novas tecnologias e construindo texturas e sabores inesperados.

Chefs for Peace

Chefs for Peace, uma organização sem fins lucrativos, foi fundada em novembro de 2001 para implementar eventos usando a culinária com uma estratégia para facilitar a coexistência entre palestinos e israelenses.

Caminho de Abraão

O objetivo do projeto “O Caminho de Abraão” é inspirar e promover a abertura de uma trilha de peregrinação, um destino turístico que reconstitua os passos do profeta Abraão pelo oriente médio há aproximadamente 4000 anos. Três bilhões e meio de pessoas – metade da humanidade – remontam suas origens a Abraão e sua família. O Caminho de Abraão faz honrar essa herança em comum ligando, ao longo da região, locais de grande importância para a história de Abraão e seus filhos.